Review: A força das mulheres africanas em Black Panther - World of Wakanda #1

Review: A força das mulheres africanas em Black Panther - World of Wakanda #1

Primeiro gibi Marvel escrito e desenhado por mulheres pretas faz uma estreia realmente fabulosa!

Já falamos bastante neste site sobre o lançamento deste gibi e sobre as profissionais envolvidas: Roxane Gay, Alitha E. Martinez - respectivamente a roteirista e desenhista da história principal - e Yona Harvey e Afua Richardson - respectivamente a roteirista e desenhista da segunda história.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-002.jpg


Vamos então à análise da história.

Aliás, o gibi de chama Black Panther - World of Wakanda, mas o Pantera nem apareceu em nenhuma das duas histórias. Risos.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-001.jpg


A primeira história, a principal, escrita por Roxane Gay, é estrelada por Aneka e Ayo, que no gibi Black Panther nós sabemos que se tornaram Dora Milaje desertoras desde a primeira edição - clique aqui pra ler a resenha. Dessa forma, esta história roteirizada por Gay é um flashback, acontece anos antes de vários acontecimentos importantes do universo Marvel dos últimos anos; e é sobre como Aneka e Ayo se conheceram, e como se apaixonaram uma pela outra.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-003.jpg


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-004.jpg


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-005.jpg


Na minha mais humilde opinião, a história que se desenrola é muito bonita, e de tocante sensibilidade. É uma narrativa de amor que une duas pessoas em posições diferentes no cumprimento do seu dever para com seu reino e sua gente. É interessante acompanhar os pensamentos de cada uma, seus desejos e emoções, que algumas vezes acabam conflitando com as antigas tradições. E a história nos conta não apenas sobre Aneka e Ayo mas de outras mulheres envolvidas com a função, cada qual com seus pensamentos e objetivos próprios, e nesse sentido sendo muito mais que meras coadjuvantes.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-011.jpg


Os traços de Alitha Martinez são bem bacanas, e combinam com os diálogos escritos por Gay. As heroínas com rosto africano são muito bem retratadas em todo o gibi; além dos traços faciais, as roupas são muito bonitas, e a tecnologia futurista de Wakanda também é muito bem representada.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-014.jpg

Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-015.jpg


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-018.jpg


A edição termina durante o ritual de iniciação que consagrará as novas Dora Milaje… o qual é interrompido por certo rei atlante possuído por uma certa entidade cósmica. Sim, a história termina anos antes da época atual - pra quem acompanha gibi, acaba quando Wakanda está pra ser inundada pelos atlantes durante a saga Vingadores vs X-Men, ou seja, lá em 2012… pelo visto, muitas águas vão rolar ainda! Risos…


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-020.jpg

Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-022.jpg


A segunda história, escrita Yona Harvey e desenhada por Afua Richardson, se trata de uma história extra, a qual narra a origem da feiticeira Zenzi, uma das principais antagonistas do gibi principal do Pantera.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-023.jpg


Ficamos sabendo então que Zenzi conseguiu os seus poderes empáticos - i.e., manipulação de medos e emoções - ao ser raptada e submetida a experimentos genéticos pelo grande arquiinimigo do Pantera, o Eri Killmonger.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-026.jpg


Zenzi está para ser morta, porém ativa os seus poderes e fazem com que seus captores se matem uns aos outros.


E aí no decorrer da narrativa acompanhamos a caminhada de Zenzi pelo reino, e os diálogos nada mais são que monólogos internos nos quais vamos descobrindo cada vez mais a respeito de suas motivações e objetivos, bem como temos vislumbres da sua infância - ali percebemos o início da sua animosidade em relação a Wakanda.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-028.jpg


Zenzi vai fortalecendo suas convicções conforme vai conversando com as pessoas e conforme intensifica uso dos seus novos poderes para defender a si própria.


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-029.jpg

Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-031.jpg


E no fim da história temos seu primeiro encontro com Tetu, e é mostrado como um entendeu o outro no seu objetivo comum: libertar Wakanda da sua família real!


Black Panther - World of Wakanda (2016-) 001-034.jpg


Minha conclusão: Black Panther - World of Wakanda é um gibi espetacular. As duas narrativas são de uma rara sensibilidade, e de muita força, num tom que nos apresentou com muita competência e perícia a força e os sentimentos dessas novas personagens, deslumbrantes e muito interessantes por elas mesmas. Que as novas personagens e, principalmente, as novas profissionais envolvidas, tenham vindo pra ficar! Que este Mundo de Wakanda de mulheres africanas tenham vida verdadeiramente longa.



14/11/2016
Fábio Kabral

Fábio Kabral

Redator

Escritor caótico e menino do rio que vai conquistar o mundo com uma flecha só.