Leia os super-heróis nigerianos da Vortex Comics!

Leia os super-heróis nigerianos da Vortex Comics!

O problema em super-heróis fora dos Estados Unidos é que muitos criadores não tentam adaptar o conceito desses fantasiados à sua própria realidade, mostrando aos seus leitores apenas cópias sem inspiração de super-homens e capitães América da vida, vivendo em réplicas de Nova Iorque cheias de gente bombada e mulheres de colante. Particularmente eu gosto quando o criador tenta achar sua própria linguagem, onde as vezes representar o super-herói de sua cultura não necessariamente seja fazer um cara com cueca por cima da calça.

E caçando quadrinhos com essa premissa encontrei a Vortex, uma editora nigeriana com uma proposta interessante: trazer os heróis fantasiados para a realidade africana, e facilitar ao máximo o acesso a esse material para leitores de todo mundo. Boa parte das histórias se passa em Lagos, maior metrópole da Nigéria e segunda maior da África., em aventuras de heróis com designs mais pro “clássico” (June XII e Strike Guard), e outros intimamente ligados à ancestralidade (Ojuju, Ajagbeja). Os gibis que li online pelo link oficial dos caras foram bem satisfatórios, embora não tenha gostado da arte de alguns títulos, sempre encontrei histórias com bons ganchos para o leitor continuar interessado na publicação. E um aspecto legal para quem se interessa na mistura de cultura pop com elementos de religiosidade africana, verá que aqui isto é mostrado com muita naturalidade pelos roteiristas, não sendo apenas esteriótipos do povo negro como vemos em quadrinhos americanos, japoneses e europeus.


A imagem pode conter: 1 pessoa

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Nenhum texto alternativo automático disponível.

http://www.vortex247.com/



01/03/2017
Rodrigo Cândido

Rodrigo Cândido

Redator

Pai do Jorge, bebedor de cerveja, ilustrador e amante de quadrinhos.