Top 10 - Heroínas

Top 10 - Heroínas

Hoje dia do orgulho nerd temos um top 10 de heroínas de Quadrinhos!!!

E ai qual o seu top 10?


10. Promethea (Sophie Bangs) – Vertigo


Sophie Bangs é uma estudante que mora na Nova York de uma realidade alternativa, onde a magia é real, mas a ciência é quem governa. Durante seu trabalho de conclusão de curso da faculdade, Sophie traça a história de Promethea, uma personagem recorrente na

literatura dessa realidade.

Durante sua pesquisa Sophie descobre que Promethea é muito mais do que apenas uma personagem, ela é uma entidade mistica, a personificação da fantasia. E, por seu envolvimento profundo com essa pesquisa, Sophie é escolhida pelo universo para ser o novo avatar

de Promethea. Ao se juntar à entidade mágica ela se torna uma espécie de “heroína da ciência”, (nome alternativo recorrente nas obras de Alan Moore), a fusão perfeita entre a magia e a ciência. Sophie Bangs é a Promethea mais poderosa até hoje, e a única que não foi morta durante seu tempo como avatar.


Criada por: Allan Moore

Você encontra em : Promethea – Atualmente vem sendo lançada no Brasil pela Panini em edições definitivas.


9. Imperatriz (Anita Fite) – DC Comics


Filha de Donald Fite, da agencia APES, e sua esposa Oshi, Anita Fite nasceu em Nova Orleans, no Estado da Louisiana, Estados Unidos. Oshi era a filha de uma poderosa “mambo”, uma sacerdotisa da arte mística do Voodoo que, ao descobrir a gravidez da filha realizou um ritual no qual pediu a Oya, deusa voodoo do vento, fogo e raio (e que representa o poder feminino e guarda os portões da morte) para apadrinhar Anita como sua “Gros BonAnge” (ou, Anjo Guardião Grande). E foi esse apadrinhamento que conferiu à Anita poderes como teleporte, a capacidade de gerar campos de força e de induzir obediência alheia por meio de comandos verbais. Por conta de sua atitude mandona, sua mãe a apelidou de “Imperatriz”. Após a morte de Oshi quando Anita tinha 13 anos, a garota passou a ser criada por sua avó,

que a educou nas tradições do voodoo. Após presenciar Cissie King Jones intervir em um assalto, Anita se sentiu inspirada a usar suas habilidades para o bem.


Criada por: Peter David e Todd Nauck

Você encontra em: Jovens titãs.


8. Dhalua Strong – Vertigo


Dhalua Strong nasceu em uma fictícia ilha caribenha chamada Attabar Teru há mais de cem anos. Graças à raiz de Goloka, (uma planta de sua ilha natal), Dhalua mantém a beleza e vitalidade de uma mulher de trinta anos. A raiz também lhe deu força, resistência e agilidade acima da média, mas seu verdadeiro poder é a sagacidade e o intelecto excepcional. Ela se casou com o famoso herói Tom Strong quando ele voltou para a ilha depois deu suas primeiras aventuras americanas. Juntos, os dois se mudaram para Millennium City e tiveram uma filha chamada Tesla, que herdou tanto as habilidades da mãe quanto do pai. Dhalua costuma acompanhar o esposo em histórias que exploram uma grande variedade de linhas temporais e diferentes universos, mostrados em diferentes gêneros dos quadrinhos.


Criada por: Allan Moore

Voce encontra em: Tom Strong, que vem sendo publicado pela Panini em encadernados.


7. Voodoo (Priscilla Kitaen) – Wildstorm Universe


Priscilla Kitaen era uma dançarina exótica antes de ser resgatada pelos WildC.A.T.s dos Daemonites, criaturas alienígenas horrendas e com a capacidade de possuir corpos e controlar mentes. Voodoo possui a habilidade conhecida como “A Visão”, que lhe permite perceber um ser possuído por um Daemonite e exorciza-lo de seu corpo hospedeiro. Uma guerra milenar é travada entre os Daemonites e os Kherubins (uma raça humanoide com poderes e habilidades excepcionais) e Voodoo é importante para ambos os lados. Após ingressar nos WildC.A.T.s, ela revelou ter poderes ainda maiores, como telepatia e a capacidade de desenvolver características semelhantes as dos animais. Para completar ela ainda recebeu treinamento em artes marciais e técnicas de combates. Após Voodoo ser baleada durante uma missão e entrar em coma, um dos membros da equipe utilizou um computador para entrar em sua mente e descobriu que ela, na verdade, era de um Kherubim possuído por um Daemonite, o que faz dela um híbrido entre Kherubim/ Daemonite/ Humano.


Criada por: Brandon Choi e Jim Lee.

Você encontra em: Wildcats e Novos 52.


6. Agente 355 – Vertigo


A Agente 355 trabalha como guarda costas de Yorick Brown, o único homem que sobreviveu a uma praga de origem desconhecida que matou todos os mamíferos com um cromossomo Y.

Versada nas mais diferentes formas de combate, ela guarda consigo o segredo da

agência americana Culper Ringe, e a missão de conduzir o Último Homem até um destino seguro. Ela sempre foi relutante em matar, até um episódio em que sua amiga de infância, a agente 711, foi assassinada. O nome da personagem nunca é revelado na trama, mas Brian K Vaugham confessou que muitas pistas foram plantadas para que o leitor o descubra.


Criada por: Brian K Vaughan.

Você encontra em: Y – O Último Homem – Atualmente vem sendo lançada no Brasil pela Panini em edições definitivas.


5. Bumblebee (Karen BeecherDuncan) – DC Comics


Primeira super heroína afro-americana da DC, KarenBeecherDuncan é uma hábil cientista.

Ela fez sua primeira aparição nos quadrinhos em Teen Titans # 45 (1976), onde criou, em segredo, o exoesqueleto Bumblebee, um vilão sob medida para ser derrotado pelo seu namorado Mal Duncan, que queria impressionar aos Jovens Titãs.

Duncan derrota o exoesqueleto mas ainda sim ela escapa com sucesso, e muito mais tarde confessa ter sido a mente por trás dele. Os Titãs, impressionados com sua genialidade, a convidam para se juntar a eles. Durante o período em que os Titãs cessam suas atividades, Mal e Karen se aposentam do estilo de vida de combate ao crime e ela consegue um emprego nos Laboratórios S.T.A.R. onde projeta armas não-letais. Entretanto, por conta de vários acontecimentos, tanto ela quanto Mal retornam à vida de combate ao crime.


Criada por: Bob Rozakis.

Você encontra em: Y – Jovens titãs e DC Super Hero Girls.


4. Cecilia Reyes – Marvel


Moradora do Bronx e vinda de uma família imigrante porto riquenha, aos seis anos Cecilia viu seu pai morrer em seus braços e jurou que faria o possível para salvar outras vidas. Batalhou muito até se formar em medicina e começou a trabalhar no hospital Santa Misericórdia, em Nova York. Ao contrário da maioria dos heróis mutantes, Cecília sempre buscou uma vida normal escondendo de todos sua condição. Quando convidada pelo Professor Xavier para se unir aos X-men ela recusou, já que planejava seguir carreira como médica. Xavier, por sua vez, concordou em manter seu segredo.

Três anos mais tarde, um de seus pacientes morre e desperta como um Sentinela Prime, atacando-a. Porém, Cecilia é salva pelo Homem de Gelo, e sua mutação é revelada a todos do hospital em que ela trabalha. Por conta do preconceito dos colegas, essa revelação acaba custando seu emprego.


Criada por: Scott Lobdell.

Você encontra em: XMen.


3. Tormenta (Anissa Pierce) e Rajada (Jennifer Pierce) – DC Comics


Filhas de Jefferson Pierce, o Raio Negro, Anissa e Jennifer herdaram os metagenes de seu pai. Como ele, as irmãs queriam se juntar à comunidade de super-heróis desde cedo, mas, à pedido do pai, aguardam até que se formarem na faculdade para então se tornarem vigilantes. Tormenta (Anissa) tem poderes diferentes de seu pai: enquanto Raio Negro podia manipular a eletricidade em várias formas, Tormenta é capaz de aumentar a densidade do seu corpo e produzir ondas de choque ao pisar no chão. Rajada (Jennifer), por sua vez, possui poderes

semelhantes aos de Raio Negro, e também herda sua falta de controle. Após uma experiência negativa, seu pai compreende que Rajada precisa de orientação e a encoraja a se juntar à

Sociedade da Justiça da América. Lá, ela aprende a controlar seus poderes.


Criada por: Judd Winick e Mark Waid.

Você encontra em: Arqueiro verde, O Reino do amanhã.


2. Rocket (Raquel Ervin) – DC Comics

Rocket faz sua primeira aparição no Universo DC no Ícone # 1 (de 1993), onde é retratada como uma menina nascida e criada no bairro mais pobre em Dakota. Raquel quer se tornar uma escritora influente, mas acaba se envolvendo com o crime. Durante um assalto a uma residência, ela é surpreendida pelo proprietário Augustus Freeman IV, um advogado corporativo que oculta sua verdadeira identidade, a de um alienígena com poderes sobrehumanos. Uma amizade surge, e Rachel convence Freeman a se tornar o herói Ícone. Como forma de agradecimento, ele cria para ela um cinto que a permite manipular energia cinética e, dessa forma, Rachel vira sua sidekick. Pouco tempo depois, ela descobre estar grávida de seu ex-namorado, Noble (um dos outros assaltantes do dia em que conheceu Freeman); Rachel decide ter o bebê, tornandose assim, a primeira mãe adolescente dos quadrinhos.


Criada por: Dwayne McDuffie.

Você encontra em: Justiça Jovem e Ícone.


1. Vingadora Escarlate (Jill Carlyle) – DC Comics


Jill Carlyle é uma promissora advogada criminal em Detroit, mas perde um caso contra um homem que é claramente culpado de cometer assassinato. Ela decide fazer justiça com as próprias mãos e compra duas pistolas Colt de 1911 em uma loja de penhores. As armas haviam pertencido a Lee Travis, o Vingador Escarlate original, e estavam amaldiçoadas. Uma vez que Jill as usa em um ato de vingança, as armas se unem permanentemente a ela. A partir daí, Jill se vê forçada a ser uma agente de forças sobrenaturais que clamam pelo sangue dos pecadores. Com uma ferida de bala sempre sangrenta e dolorosa manifestada no centro do peito e uma venda carmesim sobre os olhos, Jill Carlyle é a terceira encarnação Vingador Carmesim, uma força a ser temida como agente da vingança no Universo DC.


Criada por: Geoff Johns.

Você encontra em: JSA, Crises infinitas.


25/05/2017
Kelly Cristina

Kelly Cristina

Redatora

"Nunca acredite no contador de histórias, apenas na história”