Projeto: The Black Simmer (The Sims)

Projeto: The Black Simmer (The Sims)

Amira Virgil joga The Sims desde os seus 11 anos de idade e com o passar dos anos uma "coisinha" a deixou incomodada: 

Como um jogo tão grande tem tão pouca diversidade negra?


The Sims é um game onde você cria um avatar personalizado e ingressa em um mundo virtual, nesse mundo você consegue: trabalhar onde e com o que você quiser, malhar, estudar, comprar carro, comprar casa, você consegue namorar, casar e até ter filhos. 


Dentro do game o problema da nossa amiga começa quando ela vai editar o seu avatar (personagem) e existem pouquíssimos tipos de penteados e quase nenhum outro tom para a pele negra (Apenas 3% dos desenvolvedores de games são negros/negras. Um fato MUITO ENGRAÇADO RS RS é que 71% das pessoas negras jogam vídeo game e contamos com menos de 2% de personagens negros no mundo dos games. Somos quem mais joga vídeo game e ao mesmo tempo os menos representados dentro dele. Problemas com logística? demanda? target? acho que não) Voltando no caso da nossa querida amiga... Já que ela não se viu representada dentro do game (Ela não achava esse fato curioso quando tinha 11 anos, mas o tempo passou e ela viu que não era representada no jogo que ela mais joga? c'mon!!) ela mesmo passou a criar/desenvolver texturas, cortes de cabelo, tom de pele variado etc etc (O The sims permite que a sua comunidade desenvolva e insira itens, roupas e um monte de coisa dentro do jogo) Amira Virgil foi além... ela criou um fórum: http://www.theblacksimmer.com/ que hoje conta com mais de 17 mil pessoas voltadas para criação de conteúdo para pessoas negras. Ela também conta um canal no youtube: Xmiramira e um grupo no Facebook: The Black Simmer para reunir e interagir com todos os desenvolvedores.




20/07/2017
Danilo Oliveira

Danilo Oliveira

Redator

Muleque piranha/pagode 90 dos videogame