Pantera Negra: análise completa do trailer

Pantera Negra: análise completa do trailer

Olá a todos e todas. Depois daquele pelo teaser trailer em junho, apenas para “dar um gostinho”, estreou ontem pela manhã o trailer #1 do vindouro filme do Pantera Negra, e todo mundo foi à loucura! Cabe agora analisar o que apareceu de mais impactante no trailer do filme de Ryan Coogler: novas imagens, diferentes perspectivas sobre seqüências previamente vistas e uma reintrodução de tirar o fôlego para as maravilhas de Wakanda. Vamos lá!


“Quanto mais você está escondendo?”

Black-Panther-7.png

Além do T'Challa de Chadwick Boseman, em Capitão América: Guerra Civil (2016),  foi introduzido um outro personagem, criação de Christopher Priest nos quadrinhos do Pantera em 1998, que teoricamente funcionaria como um “ponto de vista do leitor”. Tal personagem, que já testemunhou os assombros do Universo Cinematográfico da Marvel, aparece maravilhado com o poder de Wakanda.

"Eu vi os deuses voarem. Eu vi homens criarem armas que eu nem poderia imaginar ", ele diz a T'Challa em sequência que ocorre após o interrogatório de Ulysses Klaue retratado no primeiro trailer. "Eu vi alienígenas caírem do céu. Mas eu nunca vi nada assim. Quanto mais você está se escondendo?"


M’Baku e o povo da montanha

Black-Panther-Trailer-19.jpg

T'Challa enfrentará uma série de antagonistas ao retornar a Wakanda. Alguns buscarão sua coroa, outros a sua vida, mas todos representarão uma ameaça para ele e sua capacidade de governar e proteger Wakanda. E um dos primeiros que nos é apresentado neste primeiro trailer chama-se M'Baku, governante do Clã da Montanha.


Embora seja uma nação altamente avançada, Wakanda ainda tem divisões como qualquer outro país. M'Baku, conhecido como Homem-Gorila nos quadrinhos (mas, felizmente, não no filme), acredita que pode governar Wakanda melhor que T'Challa. Em um breve momento no início do trailer, vemos seu salão de trono, bastante impressionante no alto das montanhas. Não há como dizer o quanto ele fará parte da história, mas está nítido que ele não será um inimigo fácil de vencer.



“Nós estamos em casa”

black-panther1.jpg

Para ressaltar a narração que abre o trailer, mostram-nos uma aeronave, o Royal Talon Fighter, pilotado por Okoye (Danai Gurira de The Walking Dead) através de uma barreira holográfica - que disfarça a riqueza de Wakanda e seus avanços tecnológicos, fazendo com que a pequena nação pareça ser pouco mais do que selva indomável. Mais contexto é dado aqui do que no teaser trailer de junho, no qual se explica que os estrangeiros vêem Wakanda como um país do terceiro mundo.



Uma cidade do futuro

black-panther12.jpg

Embora tenhamos visto, no teaser trailer de junho, o horizonte de Wakanda, ritos sagrados e algumas figuras-chave, este é o nosso primeiro olhar sobre a vida cotidiana no reino, e é algo realmente incrível. Esta é provavelmente uma rua movimentada na capital de Birnin Zana, a Golden City, que abriga o Palácio Real, a Necrópole, o Aeroporto Internacional de Wakanda.



Aqui, o contemporâneo combina perfeitamente com o futuro, enquanto os moradores passam por lojas coloridas; acima, vemos um monotrilho de alta velocidade passando por torres brilhantes. É afrofuturismo puro!



Dora Milaje

black-panther4.jpg

Nós vimos as Dora Milaje no primeiro trailer, prontas para combater o Erik Killmonger de Michael B. Jordan, mas aqui os guarda-costas pessoais da Pantera Negra são mostrados de perto, realizando mais tarefas cerimoniais (por exemplo, recebendo o rei que retorna). Recrutados de todas os povos de Wakanda, para promover a harmonia entre as facções rivais, os membros da brigada feminina são considerados as guerreiras mais mortíferos do país.

Treinados em numerosas formas de artes marciais, a Dora Milaje estão armadas com armas e armaduras de Vibranium.



Irmãos reais

black-panther13.jpg

Um dos poucos momentos de descontração neste trailer é este compartilhado entre T'Challa de Boseman e sua irmã, a princesa Shuri, interpretada por Letitia Wright (Humans). Introduzida no teaser trailer de junho, Shuri é tão ou mais esperta que um certo playboy de armadura, conforme foi dito em entrevistas; ela é uma inventora genial que é responsável pela maior parte da nova tecnologia de Wakanda.



Dois Panteras Negras?

black-panther5.jpg

Podemos presumir que T'Challa e Shuri estão inspecionando roupas de Pantera Negra alternativas ou atualizadas que ela projetou. No entanto, considerando que mais tarde vemos Killmonger vestido em sua própria versão do traje, é difícil não pensar que essa cena é tipo de prenúncio para o futuro de Shuri no Universo Cinematográfico da Marvel - já que, nos quadrinhos, ela herdou o manto de Pantera Negra por um tempo.


Como vimos no filme da Guerra Civil, e no teaser trailer de junho, a roupa do Pantera Negra é mais do que simplesmente uma fantasia de super herói. Composto por malha de Vibranium, o traje leve é ​​quase indestrutível e protege o portador dos danos das armas mais convencionais. As luvas possuem garras retráteis de Vibranium, capazes de arranhar até mesmo um certo escudo indestrutível.



O mundo onírico da memória de Wakanda?

black-panther7-1.jpg

Essa cena nos remete ao Djalia, uma espécie de mundo dos sonhos que abriga a memória coletiva de Wakanda; tal plano de existência foi apresentado pelo escritor Ta-Nehisi Coates e pelo artista Brian Stelfreeze no gibi atual do Pantera Negra da Marvel Comics. É um mundo que justapõe o presente do país com seu passado, e é para onde foi o espírito de Shuri após sua morte nas mãos da Ordem Negra de Thanos, nos quadrinhos.


Ainda nos quadrinhos, guiada por um griô - membro de uma classe tradicional de poetas e contadores de histórias - Shuri aprende a verdadeira história de Wakanda, e quando voltou ao mundo dos vivos, retornou com incríveis poderes sobrenaturais provenientes da sabedoria dos ancestrais. Será que veremos tal coisa em filmes futuros?



“Eu vou queimar tudo!”

Nós já conhecemos a história de Killmonger nos quadrinhos: um exilado de Wakanda cujo pai foi forçado a ajudar o homem que matou T’Chaka quando aquele atacou o país. Quando ele finalmente voltou para sua terra natal, ele atuou como um subversivo, conspirando contra T'Challa e até mesmo causando um golpe de estado de curta duração.


Se Killmonger seguirá o mesmo arco no filme ainda não sabemos, mas está nítido que ele é um rival do trono de Wakanda, e aliado ao mesmo mercenário que, nos quadrinhos, escravizou seu pai.  No entanto, em uma fala bombástica, ele proclama: "Eu vou queimar tudo!!" - levando-nos a pensar se sua intenção é governar ou destruir Wakanda.


black-panther8.jpg

De qualquer maneira, posso assegurar que a maior surpresa do trailer foi Killmonger mostrar que possui seu próprio traje de Pantera Negra, o qual nós vislumbramos apenas por um breve instante nesta cena em que ele é confrontado pela guarda real. Foi realmente uma surpresa!


“Wakanda Forever!!”

Esse grito! Okoye vai arrasar nesse filme com certeza!!



Pantera vs. Pantera

black-panther11.jpg

Embora meio que escondida pelas cenas da perseguição de carro na Coréia do Sul, vemos por breves instantes a batalha entre T'Challa e Killmonger vestidos em seus trajes de Pantera Negra, a qual parece ocorrer em Wakanda, presumivelmente na sua capital. Ao que tudo indica, será uma sequência vertiginosa, com os dois combatentes em igualdade de condições, esquivando trens de bala e caindo de grandes alturas.

(Embora seja algo que me encha os olhos, não posso deixar de apontar que acaba caindo no que se tornou um clichê dos filmes Marvel: o herói contra a sua “versão maligna”...)

Para aqueles que estão confusos, T'Challa é o Pantera com os detalhes roxos, e Killmonger, com detalhes dourados.


Estreando de fevereiro de 2018, o filme Pantera Negra do diretor Ryan Coogler estrela Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong'o, Danai Gurira, Daniel Kaluuya, Angela Bassett, Forest Whitaker, Letitia Wright, Winston Duke, Florence Kasumba, Sterling K. Brown e John Kani.


Chega logo, fevereiro!!




17/10/2017
Fábio Kabral

Fábio Kabral

Redator

Escritor caótico e menino do rio que vai conquistar o mundo com uma flecha só.